Com vaias da torcida, Inter vence o Aimoré no Beira-Rio

David foi o autor do único gol da partida. Com o resultado, o Inter entra na zona de classificação. 

Compartilhe:
Foto: Ricardo Duarte/Internacional

 

O Inter voltou a vencer. Na noite deste domingo (6), o time colorado ganhou do Aimoré por 1 a 0, em jogo válido pela décima rodada do Campeonato Gaúcho 2022.

David foi o autor do único gol da partida. Com o resultado, o Inter entra na zona de classificação da competição estadual, com 15 pontos na tabela.

A partida ficou marcada pelas vaias da torcida colorada, que não ficou contente com o desempenho de alguns jogadores dentro de campo. O protesto começou quando a bola começou a rolar. Desde o primeiro segundo de jogo, os cerca de 5 mil colorados presentes no estádio mostraram insatisfeitos.

As vaias foram pesadas quando Victor Cuesta e Edenilson tocaram na bola. E o clima tenso seguiu diante de qualquer erro. No segundo tempo, o treinador Alexander Medina chegou a ouvir gritos de “burro”. E o clima ficou mais tenso quando Moisés entrou em campo, nos minutos finais do segundo tempo.

O jogo começou com o Aimoré marcando forte. A primeira chance do Inter aconteceu só aos 19 minutos de partida, em um lance de bola parada.

Após cobrança de escanteio, Kaique Rocha desviou a bola, e Fabián Volpi conseguiu defender parcialmente. No rebote, o lateral Raphael Soares foi mais rápido que Cuesta e Taison e evitou que a bola entrasse.

Aos 32 minutos de partida, o Inter abriu o placar. Gabriel subiu para pressionar junto com os atacantes e roubou a bola. A jogada terminou com David recebendo de Edenilson e chutando de perna esquerda para, com ajuda de um desvio em Natã, vencer Fabián Volpi para marcar o único gol da partida.

Segundo tempo 

Depois do primeiro tempo de retranca, que fez o Inter ter dificuldades para criar, o Aimoré mudou a postura. No segundo, o time de São Leopoldo se soltou mais para atacar. E com isso, o jogo ficou mais aberto.

Com a defesa colorada sofrendo bastante, mas o ataque colorado ganhou espaços. O problema que os jogadores do Inter encontraram dificuldades para acertar o último passe ou finalizar.

Coletiva 

Na coletiva, Medina comentou sobre o jogo com os jornalistas. “Faltou o time ser mais pulsante no último terço. De repente falta jogadores mais finalizadores, para que os gols saiam com maior facilidade”, disse.

Ele também ressaltou que o trabalho está no começo no Beira-Rio e que a equipe do Inter está abalada.

“Queremos mudar a forma de jogo para conseguir jogar bem e ter resultados, o que é muito importante. É uma equipe que vem bastante abalada de situações anteriores”, ressaltou.

“Queremos a melhor versão dos jogadores para ter as melhores soluções neste momento. Não temos algumas características no grupo nesse momento, mas a equipe está se formando e em seguida vamos ter mais”, completou o técnico colorado.

Medina também respondeu sobre o desempenho dos jogadores do Inter contra o Aimoré. “Sinto que tem evoluções em alguns jogadores, mas temos que fazer a autocrítica e trabalhar para mudar nossa mentalidade”, disse.


Compartilhe: