Grêmio goleia o Inter e sai na frente nas semifinais do Gauchão

Com o resultado, o Tricolor gaúcho abre vantagem quase que definitiva para o jogo da volta, na próxima quarta-feira (23), na Arena

Compartilhe:

O Grêmio venceu o primeiro Gre-Nal das semifinais do Campeonato Gaúcho por um placar elástico – 3 a 0. A partida foi realizada na tarde deste sábado (19), no Beira-Rio. Com o resultado, o Tricolor gaúcho abre vantagem quase que definitiva para o jogo da volta, na próxima quarta-feira (23), na Arena.

Na partida, o Grêmio mostrou ter aprendido com os erros do último clássico, quando deixou o meio-campo do Inter muito livre para rodar a bola. Dessa vez, Roger Machado optou por trio de meio mais consistente, com Villasanti, Bitello e Lucas Silva.

Além disso, nas pontas, o técnico gremista optou por Campaz na direita, que anulou Paulo Victor, e Elias na esquerda, substituindo Ferreira, ainda com desconforto.

Primeiro tempo

O jogo começou com mais posse do Inter e um Grêmio mais contido. Porém, o Colorado já não tinha a mesma facilidade do último clássico. Aos poucos, o Tricolor saía em velocidade e até mesmo trabalhava a bola no campo adversário com perigo.

O gol veio rápido, com colaboração da defesa do Inter. Aos 10, o Grêmio roubou uma bola e Kaique Rocha errou a rebatida. Elias dominou livre, avançou e finalizou para o gol cara a cara com Daniel. Tricolor na frente.

E vinha mais. Minutos depois, Cuesta espirrou mal uma bola e a bola sobrou para Bitello, que experimentou de longe. Daniel espalmou para dentro do gol.

No restante da etapa inicial, o Inter ainda tentaria infiltrar, mas ficaria na forte defesa gremista. Nenhuma grande chance foi criada. Brenno não foi exigido.

Grupo de jogadores comemora vitória no clássico – Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Segundo tempo

Medina voltou do intervalo com Wesley Moraes no lugar de Maurício. A ideia era levar o Inter mais à frente.

O jogo ficou mais agitado. Elias poderia ter matado o jogo em um contra-ataque já nos primeiros minutos da etapa final. Aos 16, foi a vez de Campaz exigir defesa de Daniel.

O Inter tentava um abafa, mas a situação piorou. Paulo Victor foi expulso e Medina foi obrigado a mexer. A partir daí, o Colorado despencou.

Minutos depois, em uma sessão pastelão na área do Inter, Daniel chegou atrasado e cometeu pênalti em Elias, um dos destaques da partida. Diego Souza bateu e fez o terceiro do Grêmio.

Na comemoração, Lucas Silva foi atingido por um celular vindo da arquibancada.

Depois do gol, sentindo a instabilidade do Inter, Roger não recuou. Fez trocas que mantiveram o Grêmio perigoso e querendo aumentar a goleada. Ainda houve tempo para Churín perder um gol feito.

A partida terminou sem nenhuma chance efetiva do Inter e com a torcida colorada extremamente insatisfeita no Beira-Rio. Do lado gremista, ao contrário, a atmosfera era de catarse e redenção.

Situação e próximo jogo

O resultado deixa o Grêmio muito perto da final do Campeonato Gaúcho. O Inter precisa pelo menos igualar a diferença tirada pelo Grêmio para levar a decisão aos pênaltis. O jogo da volta será jogado na próxima quarta-feira (23), na Arena, às 22h15.

Escalações

Inter

Daniel; Bustos, Kaique Rocha, Cuesta e Paulo Victor; Gabriel (Johnny) e Liziero; Edenilson (Bruno Méndez), Taison (Caio Vidal), Mauricio (Wesley Moraes); David – 4-2-3-1Técnico: Alexander Medina

Grêmio

Brenno; Rodrigues, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti, Lucas Silva (Gabriel Silva), Bitello (Thiago Santos); Campaz (Rildo), Elias (Janderson) e Diego Souza (Thiago Santos) – 4-1-4-1Técnico: Roger Machado

Arbitragem

Árbitro: Jean Pierre Lima
Auxiliar: Jorge Eduardo Bernardi
Auxiliar: André da Silva Bittencourt
VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

 


Compartilhe: