Avião com 132 pessoas cai em área montanhosa na China

Boeing 737 pertencia à companhia China Eastern Airlines

Compartilhe:
Boeing 737-800 que se acidentou na China. Crédito Alec Wilson/Creative Commons

Um avião com 132 pessoas a bordo caiu nesta segunda-feira (21) em uma área montanhosa do sul da China. O Boeing 737-800 pertencia à companhia China Eastern Airlines e voava de Kunming para Guangzhou, mas, segundo a Autoridade de Aviação Civil do país asiático, perdeu contato com os radares perto de Wuzhou, na região de Guangxi.

“Até o momento, foi confirmado que o avião caiu”, disse a CAAC (Civil Aviation Administration of China). A aeronave levava 123 passageiros e nove tripulantes. De acordo com informações da agência Reuters, não há sobreviventes.

Uma testemunha disse à imprensa local que o jato se partiu “completamente” e que as chamas provocadas pela queda destruíram áreas florestais na encosta de uma montanha.

O site de rastreio FlightRadar24 mostrou que o voo MU5735 despencou de 29,1 mil para 3,225 mil pés em apenas três minutos, antes de as informações desaparecerem dos radares. A aeronave voou pela primeira vez em junho de 2015 e pertence à Yamasa Aircraft Leasing.

O presidente da China, Xi Jinping, disse estar “chocado” com o acidente e pediu “todos os esforços” para identificar as causas “o quanto antes”.


Compartilhe: