Agora RS deixa de distribuir notícias através do Telegram

Os usuários da plataforma poderão migrar para serviço similar no WhatsApp.

Compartilhe:

O AGORA RS decidiu suspender, por tempo indeterminado, a distribuição de notícias do portal através do Telegram. O aplicativo de mensagens instantâneas foi bloqueado no Brasil por decisão do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), em cumprimento de pedido realizado pela Polícia Federal.

Com a decisão desta empresa, os canais AGORA RS, Agora no Trânsito, Agora no Tempo e Plantão RS deixaram de receber novos conteúdos a partir de 16h15 da tarde desta sexta-feira (18). A publicação das notícias no aplicativo ocorria de forma automatizada, ou seja, sem interferência humana.

Os usuários da plataforma poderão migrar para serviço similar no WhatsApp. Para ingressar no grupo, é necessário fazer uma solicitação com o envio da mensagem pré-programada.

O serviço de distribuição de notícias do AGORA RS no Telegram poderá ser resumido, a qualquer tempo, desde que o aplicativo seja autorizado a operar no Brasil.


Compartilhe: