Agências FGTAS/Sine dispõem de mais de 8 mil vagas de emprego

Nas unidades da região metropolitana de Porto Alegre são 2.976 oportunidades de colocação no mercado de trabalho. 

Compartilhe:

As agências da FGTAS/Sine (Fundação Gaúcha do Trabalho e Assistência Social/Sistema Nacional de Emprego) tem mais de 8,2 mil vagas de emprego disponíveis em todo o Rio Grande do Sul. Somente nas unidades da região metropolitana de Porto Alegre oferecem 2.976 oportunidades de colocação no mercado de trabalho. Esse total de vagas desconsidera cidades que possuem sistemas de oferta de empregos mantidos por órgãos municipais, como em Porto Alegre.

As cidades com maior quantidade de vagas abertas são Porto Alegre Centro/Montaury (1.132), Erechim (691), Caxias do Sul (496), Canoas (462), Garibaldi (355) e Farroupilha (334). Conforme a FGTAS, 68,9% não exigem experiência e 21% também não exigem escolaridade. Por outro lado, 20,9% das oportunidades exigem ensino médio completo e 20,1%, fundamental completo.

Já as ocupações com os maiores números de vagas abertas são alimentador de linha de produção (1.004), eletricista de instalações (518), eletricista de manutenção eletroeletrônica (450), vendedor de comércio varejista (237), trabalhador volante da agricultura (228) e costureiro na confecção em série (206).

Com relação ao setor econômico, 29,4% das vagas pertencem à indústria; 28,2%, ao comércio; 23,2%, ao setor de serviços; 14,5%, à construção e 4,6%, à agropecuária. A remuneração de 40% das oportunidades varia de 1,5 a 2 salários mínimos e 30,6%, de 2 a 3 salários mínimos.

A relação de endereços e telefones das unidades está disponível no site da FGTAS.

Região metropolitana

Na região metropolitana de Porto Alegre são 2.976 vagas de emprego. Desse total, 54,8% das oportunidades não exigem experiência. Cerca de 53% das vagas exigem Ensino Fundamental, no mínimo, incompleto; 13%, Fundamental completo e 18,2%, médio completo.

As Agências FGTAS/Sine com as maiores quantidades de vagas são Porto Alegre Centro (1.128), Canoas (463), Gravataí (202) e Novo Hamburgo (193). Já as ocupações com os maiores números de vagas abertas são eletricista (458), eletricista de manutenção eletroeletrônica (410), operador de telemarketing ativo (112) e montador de estruturas metálicas (110).

Quanto ao setor econômico, 41,8% das vagas pertencem ao comércio; 24,6%, à construção; 17%, ao setor de serviços e 16,3%, à indústria. A remuneração de 38,3% das vagas varia de 2 a 3 salários mínimos e 25,6%, de 1,5 a 2 salários mínimos.


Compartilhe: