Queima de gases no Polo Petroquímico provoca clarões no céu da região metropolitana

Os clarões foram vistos em Porto Alegre, em municípios da região metropolitana, do Vale do Caí e até no Vale do Sinos.

Compartilhe:

A queima de gases no Polo Petroquímico de Triunfo, na região metropolitana, causou clarões na noite deste domingo (13). Dezenas de pessoas se assustaram com a a luminosidade no céu. Polo Petroquímico diz que houve um problema elétrico que causou aumento no flare utilizado para a queima de gases.

Os clarões foram vistos em Porto Alegre, em municípios da região metropolitana, do Vale do Caí e até no Vale do Sinos.

A Braskem, que opera o Polo, se manifestou sobre o ocorrido por meio de redes sociais. Conforme a empresa, houve um problema durante a operação de uma subestação de energia.

“Em função de um evento elétrico ocorrido em uma subestação interna, o flare se tornou alto”, afirmou o Polo no Twitter. “Tal evento não trouxe impacto algum para a comunidade ou trabalhadores. Nesse momento o flare já está sendo estabilizado”, concluiu a empresa em sua manifestação via rede social.

A FEPAM (Fundação Estadual de Proteção Ambiental) afirmou, na noite deste domingo, que “monitora as ações que estão sendo realizadas para estabilização do Flare do complexo industrial de Triunfo em virtude de problemas na operação da subestação de energia da PE5”.

O Corpo de Bombeiros não tem nenhum chamado para ocorrência de incêndio em Triunfo. Também não houve requisição de viaturas e equipes para o Polo Petroquímico.

Em agosto de 2020, um distúrbio operacional em uma das plantas, motivou um aumento no flare, sistema de segurança para a queima de gases. Naquela ocasião, o incidente, que chegou a paralisar parcialmente a operação.


Compartilhe: