Pesquisa aponta diferença no preço de produtos do material escolar superior a 100% em Porto Alegre

Segundo a Prefeitura de Porto Alegre, o levantamento ocorreu de 8 a 15 de fevereiro em quatro estabelecimentos.

Compartilhe:

Em semana de retorno às aulas, o Procon Porto Alegre fez nova pesquisa do material escolar, conferindo os valores de 34 itens em uma amostra de quatro estabelecimentos da Capital.

Segundo a Prefeitura de Porto Alegre, o levantamento ocorreu de 8 a 15 de fevereiro. Clique aqui e acesse o conteúdo da pesquisa de preços.

Na média, as maiores diferenças de valor chegam a 115%. O produto com maior contraste de preço é a caneta esferográfica ponta grossa azul: em uma loja, chega a custar 382% mais do que em outra.

Mesmo com a proximidade do ano letivo, os dados indicam uma estabilidade dos preços em relação à pesquisa anterior, feita durante o mês de janeiro.

“O nosso objetivo é dar ao consumidor as melhores informações para que ele possa gastar menos e ter seus interesses plenamente atendidos tanto na compra, quanto no pós-compra”, enfatizou o diretor do Procon de Porto Alegre Professor Wambert Di Lorenzo.

 


Compartilhe: