Inflação é a maior para janeiro desde 2016 e vai a 10,38% em 12 meses

Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE.

Compartilhe:

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, o IPCA, que mede a inflação oficial do país, caiu de 0,73% em dezembro para 0,54% em janeiro. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE. O resultado, porém, é o maior para o mês de janeiro desde 2016, quando o índice foi de 1,27%. 

A desaceleração foi influenciada pelo recuo nos transportes, sobretudo com a queda nos preços da gasolina, do etanol e das passagens aéreas. Em contrapartida, o resultado de janeiro acabou sendo influenciado pelo aumento dos preços do grupo alimentação e bebidas. Nos últimos 12 meses, o IPCA acumula alta de 10,38%.

A previsão do mercado para a inflação em 2022 está em 5,44%. Com isso, a expectativa é que o teto da meta seja estourado pelo segundo ano seguido. A meta central para o IPCA deste ano é de 3,50% e será oficialmente cumprida se o índice oscilar entre 2% e 5%.


Compartilhe: