Turista gaúcho morre afogado em lagoa de Santa Catarina

Vítima foi socorrida e transferida, de helicóptero, para um hospital com quadro grave de parada cardiorrespiratória.

Compartilhe:

Um turista gaúcho morreu após se afogar em uma lagoa no município de Balneário Gaivota, em Santa Catarina. O Corpo de Bombeiros ainda conseguiu retirar a vítima da água com vida, mas ele não sobreviveu e morreu durante atendimento médico no hospital.

Conforme a corporação catarinense, o afogamento ocorreu na Lagoa Cortada. Paulo Cesar Freitas, 44 anos, estaria em cima de um colchão inflável quando caiu na água e submergiu. O local onde ocorreu o afogamento é uma propriedade privada, com área de banho demarcada.

Ele chegou a ficar desaparecido por cerca de 30 minutos, quando foi encontrado pelo Corpo de Bombeiros de Sombrio em um poço, no meio da lagoa. Paulo Cesar foi transferido em uma ambulância e, posteriormente, de helicóptero para um hospital com quadro grave de parada cardiorrespiratória.

No entanto, apesar dos esforços dos paramédicos, o quadro evoluiu a óbito, que foi declarado assim da chegada da vítima no hospital.

O corpo de Paulo Cesar foi transladado para Caxias do Sul, onde ele era natural. O velório ocorreu na Igreja Assembléia de Deus da Avenida Serrano Santo Antonio e o sepultamento estava marcado para as 15h, no Cemitério Municipal.


Compartilhe: