Quatro pontos estão próprios nas praias da zona sul de Porto Alegre

A divulgação da balneabilidade nas praias do Lami e Belém Novo, em Porto Alegre, começou no dia 14 de dezembro e seguirá até março de 2022.

Compartilhe:

O DMAE (Departamento Municipal de Água e Esgotos) divulgou um novo relatório de balneabilidade das praias da Orla do Guaíba, na zona sul de Porto Alegre. Dos seis pontos analisados no Lami e Belém Novo, quatro possuem águas próprias para banho. Dois pontos, no Belém Novo, estão impróprios.

A divulgação da balneabilidade começou no dia 14 de dezembro e seguirá até março de 2022. O período de amostragem utilizado pelo departamento se estendeu entre os dias 9 de dezembro de 2021 a 5 de janeiro de 2022. Confira os pontos avaliados no mapa e a situação de cada um deles:

Bairro Belém Novo

  • Posto 1 (Praça José Comunal, em frente à garagem da empresa de ônibus) – águas impróprias para banho
  • Posto 2 (Praia do Leblon, avenida Beira-Rio, em frente à rua Antônio da Silva Só) – águas impróprias para banho
  • Posto 3 (Praia do Veludo, avenida Pinheiro Machado em frente à praça) – águas próprias para banho

Bairro Lami

  • Posto 1 (acesso pela rua Luiz Vieira Bernardes, nas imediações da segunda guarita de salva-vidas) – águas próprias para banho
  • Posto 2 (acesso pela rua Luiz Vieira Bernardes, em frente à primeira guarita de salva-vidas) – águas próprias para banho
  • Posto 3 (avenida Beira-Rio, em frente ao nº 510) – águas próprias para banho

Como a avaliação é feita

A análise da balneabilidade segue o disposto pela Resolução nº 274/2000 do Conama (Conselho Nacional de Meio Ambiente), que estabelece que 80% das análises, de um conjunto das cinco últimas amostras, deve apresentar um número de Escherichia coli não superior a 800 NMP/100 mL e que na última amostragem este valor não ultrapasse 2000 NMP/100 mL. O valor do pH deve manter-se na faixa de 6,0 a 9,0.


Compartilhe: