Assinada autorização para a construir nova ponte entre Tramandaí e Imbé

A obra da nova ponte será executada pela prefeitura de Imbé e deve começar no segundo semestre deste ano, com previsão de conclusão em 24 meses

Compartilhe:

Uma cerimônia no Palácio Piratini, em Porto Alegre, firmou a autorização para construção da nova ponte entre os municípios de Imbé e Tramandaí, no Litoral Norte. A nova estrutura atende a uma demanda importante da região e deverá ser concluída em até 24 meses após o início das obras. A atual ponte Giuseppe Garibaldi tem estrutura antiga e não comporta as necessidades atuais, especialmente durante a alta temporada de verão.

O DAER (Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem), assinou como representante do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, um convênio com a prefeitura de Imbé. O Estado va aportará R$ 34,07 milhões para a execução da obra, com contrapartida de Imbé de R$ 385 mil para o anteprojeto e R$ 2,1 milhões para o projeto e estudos ambientais.

De acordo com os estudos realizados pelo município de Imbé, será feita a implantação de duas pontes com a criação de um binário. Será uma alternativa para a ligação entre os municípios. O sistema parte da avenida Osório, em Imbé, na rótula do entroncamento com a avenida Nilza Costa Godoy, e vai até a rotatória no entroncamento da avenida Rubem Berta com a avenida Fernandes Bastos, em Tramandaí.

“No nosso governo apostamos muito nas parcerias com os municípios e, no caso dessa obra, é mais do que a ponte, são também recursos assegurados para robustecer as ruas de acesso, para que haja uma efetiva solução do problema de mobilidade no local. Além desta obra, já temos um convênio de R$ 7 milhões com Imbé para a duplicação da avenida Paraguassu, de R$ 5 milhões com Capão da Canoa para a duplicação da ERS-407 e R$ 16 milhões anunciados para a conservação de rodovias”, destacou o governador Eduardo Leite.

A autorização do convênio foi assinada pelo governador, pelo secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, pelo diretor-geral do Daer, Luciano Faustino, e pelos prefeitos de Imbé, Ique Vedovato, e de Tramandaí, Luiz Carlos Gauto.

Costella disse que a obra terá grande impacto para a região. “Hoje, essa obra tão sonhada começa a se tornar realidade e vai significar mais mobilidade e segurança para quem utiliza o trecho e mais desenvolvimento para o Litoral Norte”, projetou.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Gabriel Souza, que é morador de Tramandaí, também participou do ato de assinatura e falou sobre a importância da nova ponte para o transporte de carga e para o turismo no litoral. “Nunca antes o Estado investiu um montante como este em uma obra para as duas cidades, Tramandaí e Imbé. O trabalho até aqui foi feito a muitas mãos e vai gerar muitos resultados. As estruturas que existem hoje são muito antigas e com limitações de carga e de tráfego”, observou.

Quando a obra começa?

A obra será executada pela prefeitura de Imbé e deve começar no segundo semestre deste ano, com previsão de conclusão em 24 meses, de acordo com Vedovato. O prefeito celebrou o momento, que disse ser histórico para a região. “É um grande investimento, com o qual sonhamos por muito tempo. A obra vai trazer muitos frutos para a nossa cidade e para a nossa região, com potencialização da economia local e geração de renda, emprego e condições de dignidade para as pessoas”, afirmou.

Também participaram da cerimônia o vice-governador Ranolfo Vieira Júnior, deputados estaduais e o deputado federal Alceu Moreira.


Compartilhe: