Vacinação: RS reduz para quatro meses intervalo para dose de reforço contra covid-19

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul autorizou a redução do intervalo de cinco para quatro meses na aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19

Compartilhe:

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul autorizou, nesta segunda-feira (20), a redução do intervalo de cinco para quatro meses na aplicação da dose de reforço da vacina contra a covid-19 na população acima de 18 anos.

A mudança é válida a partir desta terça-feira. Ela foi pactuada pelos integrantes da Comissão Intergestores Bipartite e segue norma técnica do Ministério da Saúde, publicada nesta segunda.

A aplicação foi antecipada para fortalecer a resposta imune da população diante do avanço da variante Ômicron do coronavírus.

Segundo o Ministério da Saúde, preferencialmente, deve ser usada a vacina da Pfizer. Para quem recebeu a dose única da Janssen, o reforço deve ser feito depois de dois meses, com a mesma vacina.


Compartilhe: