Preso homem que agrediu e matou a namorada em Bento Gonçalves

O homem e a mulher estariam juntos há apenas 20 dias. Preso disse à polícia que motivação foi “passional” e que crime ocorreu após uma briga.

Compartilhe:

Um homem de 22 anos está preso após agredir e matar a namorada, em Bento Gonçalves, na Serra gaúcha. O crime ocorreu na noite de domingo. A vítima, de 33 anos, foi alvo de golpes de arma branca e há indícios que sugerem estrangulamento.

Conforme a BM (Brigada Militar), vizinhos acionaram a corporação por meio do 190 após ouvirem gritos da mulher. Uma guarnição foi ao local e encontrou a vítima já sem vida, no banheiro da residência. A casa foi isolada para a realização de perícia.

O autor do feminicídio, homicídio praticado contra uma mulher em decorrência do fato de ela ser mulher, foi preso. Ele tentou se esconder em um imóvel próximo do crime, mas foi localizado por policiais militares. O indivíduo tentou resistir, mas acabou sendo imobilizado.

Ele foi levado até a Delegacia de Polícia, onde confessou que estrangulou a companheira e, depois, desferiu golpes de faca contra o corpo dela. A motivação alegada é “passional” e o crime teria ocorrido após uma briga.

A vítima foi identificada como Cristiane Pereira, 33 anos. Ela tinha quatro filhos e estaria grávida. O homem e a mulher estariam juntos há apenas 20 dias.

O delegado Fernando Cruz Alexandre, titular da Delegacia de Polícia de Pronto-Atendimento de Bento Gonçalves, determinou a prisão temporária. Ao mesmo tempo, pediu à Justiça a prisão preventiva. O indivíduo foi transferido para um estabelecimento prisional não informado.

Denúncias sobre violência doméstica podem ser realizadas, de forma anônima, pelos telefones 180 e 197. A ligação é gratuita.


Compartilhe: