Ponte do Fandango é liberada em duas pistas para veículos leves

A estrutura foi interditada totalmente no final de outubro e, depois, liberada parcialmente para pedestres e veículos leves em novembro.

Compartilhe:

Foi liberada a passagem em duas pistas na ponte do Fandango, em Cachoeira do Sul. No entanto, o tráfego sobre o rio Jacuí, na BR-153, só é permitido para veículos leves. A estrutura foi interditada totalmente e, depois liberada, parcialmente para pedestres e veículos leves.

Os serviços de recuperação iniciaram em novembro. Para garantir a segurança e a trafegabilidade na ponte, o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre) construiu quatro pilares para o escoramento do vão que apresentou fissura. Todo o serviço foi executado in loco com concreto armado.

Com a conclusão deste trabalho, foi possível liberar o tráfego para veículos leves em ambos os sentidos da travessia. Conforme o DNIT, as equipes trabalharam na concretagem dos pilares. Na sequência, será instalada a viga, macaqueadas as vigas existentes e colocados os aparelhos de apoio.

A liberação da travessia para a passagem de veículos pesados (caminhões e ônibus) só será possível após a recuperação total da estrutura. Técnicos do DNIT, em Brasília, seguem realizando os estudos em busca da melhor alternativa. Por enquanto, os condutores de ônibus e caminhões devem utilizar as rotas alternativas.

Rotas alternativas para veículos pesados:

Porto Alegre – Cachoeira do Sul: Pela BR-290 ir até a BR-471, em Rio Pardo, depois em Santa Cruz do Sul seguir pela RSC-287 até Novo Cabrais a BR-153.

Cachoeira do Sul – Fronteira Oeste: Sair pela BR-153, seguir até RST-287 em Novo Cabrais e em Santa Maria pegar a BR-158 e retornar à BR-290 em Rosário do Sul.

Cachoeira do Sul – Porto de Rio Grande: Quem sai de Cachoeira do Sul e vai para o Porto de Rio Grande deve ir até Santa Maria e pegar a BR-392.


Compartilhe: