Homem é preso após causar atropelamento com morte na ERS-118, em Gravataí

Motorista do veículo fugiu sem prestar socorro à vítima, que tinha 59 anos.

Compartilhe:

Um homem de 33 anos foi preso, na noite de sábado (25), momentos após causar um atropelamento com morte na ERS-118, em Gravataí. O indivíduo conduzia um Ford Escort que atingiu a vítima no quilômetro 23 da rodovia, na região conhecida como Passo das Canoas. Ele foi capturado após parar na FreeWay.

Conforme o CRBM (Comando Rodoviário da Brigada Militar), o atropelamento com morte ocorreu por volta das 21h, no sentido Gravataí-Alvorada. Quando os policiais rodoviários chegaram ao local, encontraram a vítima, um homem de 59 anos, já sem vida. Ele vestia uma bermuda jeans de cor cinza e um camiseta branca. O nome não foi divulgado.

O CRBM não soube informar se ele atravessava a estrada, ou se caminhava pelo acostamento da rodovia. O motorista que causou o atropelamento se evadiu do local sem prestar socorro, o que configura crime de trânsito.

No entanto, minutos depois, os policiais rodoviários estaduais receberam um chamado de uma equipe de socorro da CCR ViaSul. Eles foram ajudar o condutor de um Ford Escort prata que havia parado no acostamento no quilômetro 79 com um pneu furado. O carro estava com o pára-brisa quebrado e manchas de sangue no capô. Aos socorristas, o motorista disse que tinha atropelado um animal na ERS-118.

Uma guarnição do CRBM foi até o local e encontrou o motorista, de 33 anos. Ele foi preso em flagrante delito por causar atropelamento com morte e fugir do local do acidente. Ele foi conduzido até a DPPA (Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento) para registro de ocorrência e lavratura do flagrante.

O Escort foi recolhido e encaminhado para a realização de perícia.


Compartilhe: