Fim de semana tem mais de 7 mil voos cancelados no mundo

A maior parte dos cancelamentos ocorre por conta da disseminação de casos de Covid-19 entre tripulações e operadores técnicos das companhias aéreas.

Compartilhe:

Já são mais de sete mil os voos cancelados e outros 11 mil foram adiados desde a sexta-feira (24) em todo o mundo, informa o portal Flightaware neste domingo (26). A maior parte dos cancelamentos ocorre por conta da disseminação de casos de Covid-19 entre tripulações e operadores técnicos das companhias aéreas. Com isso, faltam funcionários para realizar os voos e os procedimentos nos aeroportos, já que os que testam positivo são colocados em isolamento.

A variante Ômicron, que é mais transmissível do que a Delta, já é dominante nos Estados Unidos e está no mesmo caminho na Europa. Só nos EUA, ainda conforme o portal que monitora o tráfego aéreo, quase dois mil voos foram cancelados.

Outro grande país que sofre com os adiamentos e cancelamentos é a China, que vive o pior momento de contágios de Covid-19 em 21 meses. Conforme as informações locais, cerca de 25% dos voos foram cancelados no fim de semana.

A cidade de Xi’an, que tem mais de 13 milhões de habitantes, está em lockdown desde 23 de dezembro e as autoridades informaram que há 485 casos da doença confirmados. Por conta disso, o aeroporto local não está operando. As pessoas só são autorizadas a sair de casa a cada dois dias, sendo uma pessoa por residência por vez, para comprar alimentos. Apenas casos de saúde podem sair fora desse prazo estipulado.


Compartilhe: