Criança de três anos morre após incêndio destruir casa em Canoas

Vítima estava com outras três crianças quando o fogo começou. Uma delas foi encaminhada para hospital.

Compartilhe:

Uma criança de três anos de idade morreu em um incêndio que atingiu uma residência em Canoas, na região metropolitana de Porto Alegre. O sinistro ocorreu na noite de quarta-feira (22). O menino não teve a identidade divulgada pela Polícia Civil, que passou a investigar o caso.

Ainda não se sabe o que motivou as chamas. Conforme o Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada para atender a situação por volta das 21h da noite desta quarta-feira. O imóvel ficava no bairro Guajuviras e foi, rapidamente, destruído pelas chamas.

No local, segundo moradores, moravam quatro crianças. Foram os vizinhos que realizaram o resgate dos menores. Uma delas teve queimaduras e foi encaminhada para o HPS (Hospital de Pronto Socorro) de Porto Alegre. Outras duas foram levadas para o HU (Hospital Universitário) de Canoas, mas foram liberadas, pois não tiveram ferimentos.

A casa onde ocorreu o incêndio foi isolada para a realização de perícia. O objetivo é saber se o fogo teve causa acidental, como um curto-circuito, ou foi provocado por ação humana, ou seja, criminoso.

A mãe das crianças foi até a delegacia, na condição de suspeita, e preferiu ficar em silêncio. Ela foi liberada, mas ela e o pai – que ainda não foi localizado – devem ser ouvidos formalmente durante o inquérito policial. Outro fato que será investigado é a denúncia que as crianças viviam em um local onde havia consumo de drogas por adultos.


Compartilhe: