STJD nega recurso do Grêmio para a volta da torcida aos jogos

O jurídico do Grêmio ingressou com um pedido de efeito suspensivo da liminar. Com a decisão, o Grêmio segue sem poder contar com o apoio das arquibancadas.

Compartilhe:

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD) negou, nesta quinta-feira (18), recurso de efeito suspensivo protocolado pelo Grêmio para anular a decisão que barrou a presença de torcedores na Arena em virtude das confusões ocorridas após no jogo contra o Palmeiras, na 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O jurídico gremista ingressou nesta quarta-feira (17) com um pedido de efeito suspensivo da liminar. Com a negativa do pedido de efeito suspensivo, o clube não tem mais a opção de recorrer da decisão e, em tese, deve se conformar em esperar até o caso ser julgado em uma comissão disciplinar do STJD.

Com a decisão, o Grêmio segue sem poder contar com o apoio das arquibancadas tanto para o próximo confronto fora de casa, no sábado, contra a Chapecoense, quanto para o confronto diante do Flamengo, na Arena, no dia 23, em partida atrasada da 2ª rodada.

 


Compartilhe: