Santa Casa de Porto Alegre aplica técnica inovadora para o tratamento da dor

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre realizou o uso de uma técnica inovadora para o tratamento da dor em pacientes com dor crônica.

Compartilhe:

A Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre realizou o uso de uma técnica inovadora para o tratamento da dor em pacientes com dor crônica.

Os procedimentos foram realizados pelos médicos especialistas em dor Luís Josino Brasil e Nilton Aver com a aplicação da Radiofrequência Pulsada Randômica por meio do equipamento STP, tornando o Hospital São José o primeiro do Sul do país e o segundo na América Latina a aplicar a técnica.

Segundo o médico Josino Brasil, chefe do Serviço de Dor da Santa Casa, como o próprio nome diz, o procedimento é realizado através de pulsos eletromagnéticos de forma que o intervalo entre os pulsos acaba proporcionando a dissipação do calor, impedindo que ocorra a lesão dos tecidos.

“Quando se aplica em uma frequência variável, ou seja, randômica, a chance de esse efeito terapêutico seja efetivo aumenta muito, permitindo o controle da dor”, explica o médico.

Realizada a partir do uso do equipamento STP, a técnica foi criada na Suíça pelo médico Menno Sluijter, considerado o pai da radiofrequência pulsada.


Compartilhe: