Ouça no Meio-Dia: a previsão de La Niña no Rio Grande do Sul e mais notícias desta quarta-feira

Ouça o Podcast Meio-Dia também em outras plataformas de áudio: Anchor, Apple Podcasts, Google Podcasts, Deezer e Spotify.

Compartilhe:

Ouça o podcast Meio-Dia também em outras plataformas:

Oito pessoas ficaram feridas em um acidente de trânsito ocorrido na manhã desta quarta-feira, em Eldorado do Sul, na região metropolitana de Porto Alegre. A colisão ocorreu por volta das 7h30 da manhã no quilômetro 112 da BR-290. Conforme a Polícia Rodoviária Federal, o motorista de uma carreta colidiu na traseira de um ônibus. O coletivo fazia a rota de General Câmara a Porto Alegre quando ocorreu o impacto. Oito passageiros foram atendidos por equipes do Samu. Todos tiveram ferimentos leves, conforme informações da polícia rodoviária.

Uma adutora de água tratada se rompeu, durante a madrugada desta quarta-feira, em Cachoeirinha, na região metropolitana. O dano na rede da Corsan provoca desabastecimento de água ou baixa pressão nas torneiras em três bairros de Cachoeirinha e outros 36 de Gravataí. Equipes da companhia de saneamento estão realizando uma obra para corrigir o vazamento, que ocorreu próximo ao Pontilhão da avenida Flores da Cunha, na parada 56.

A Brigada Militar prendeu o último suspeito de participar do assalto que terminou com a morte de Cristiane da Costa dos Santos, de 20 anos. Ela foi morta em uma parada de ônibus, em frente ao Barra Shopping Sul, em Porto Alegre, no dia 23 de setembro, ao ser alvejada por um tiro durante um assalto. A prisão do homem de 19 anos foi realizada em São Nicolau, no Noroeste do Estado. Antes dele, uma mulher de 32 anos, apontada como a motorista do carro que levou os dois assaltantes ao local, e o outro assaltante, já haviam sido presos.

A instabilidade retorna ao Rio Grande do Sul nesta quarta-feira./ Após uma manhã de sol, o tempo muda em diversas regiões ao longo do dia. A nebulosidade aumenta e áreas de instabilidade avançam a partir do Oeste. Chove em forma de pancadas isoladas na Fronteira Oeste, na Região Central, na Campanha, e nas regiões Noroeste e Norte. As temperaturas, no entanto, não caem muito. Máximas de 27 graus em Uruguaiana, 31 em Santa Maria e 29 em Porto Alegre.

Mas a chuva não é tendência daqui pra frente no Estado. De acordo com os modelos de previsão utilizados pelo Conselho Permanente de Agrometeorologia Aplicada do Estado, o Copaaergs, a probabilidade do Rio Grande do Sul sofrer os efeitos do fenômeno La Niña já a partir da primavera de 2021 está acima de 70%. A incidência do fenômeno deve ocorrer até o próximo verão. Assim, o prognóstico para o mês de outubro aponta para redução da chuva e aumento das temperaturas durante o dia. Depois, para novembro, se mantém o menor volume de chuva, com noites frias e dias quentes, traço típico de períodos de tempo seco.


Compartilhe: