Médicos recomendam mais duas semanas de repouso para rainha Elizabeth II

No período, a rainha Elizabeth II não poderá participar de nenhum compromisso que envolva viagens ou deslocamentos.

Compartilhe:

A rainha Elizabeth II, 95 anos, foi aconselhada por seus médicos a descansar pelas próximas duas semanas, informou nesta sexta-feira (29) o Palácio de Buckingham.

No período, a rainha não poderá participar de nenhum compromisso que envolva viagens ou deslocamentos. Os profissionais de saúde a liberaram para realizar apenas “tarefas leves” e participar de algumas “audiências virtuais”.

“Os médicos informaram que Sua Majestade pode continuar realizar tarefas leves de trabalho durante esse período, incluindo algumas audiências virtuais, mas não poderá fazer nenhuma visita oficial”, explicou o Palácio de Buckingham.

O comunicado ainda revela que Elizabeth lamentou que provavelmente não conseguirá participar de uma cerimônia no dia 13 de novembro, que relembrará os 103 anos do fim da Primeira Guerra Mundial (1914-1918).

Por recomendações médicas, a rainha também cancelou sua presença na próxima conferência climática das Nações Unidas, a COP26. O evento acontecerá entre os dias 31 de outubro e 12 de novembro, em Glasgow, na Escócia.

Na semana passada, a soberana passou a noite no hospital para fazer exames médicos. A monarca foi atendida por especialistas no Hospital privado King Edward VII, no centro de Londres.

A saúde da rainha, que está há quase 70 anos no trono britânico, vem sendo alvo constante de especulação da mídia do país.


Compartilhe: