Diretora de fotografia morre após ser atingida por disparo realizado por Alec Baldwin

Arma, que supostamente seria cenográfica, estava sendo usada nas gravações do filme de velho oeste “Rust”.

Compartilhe:

Uma mulher morreu e um homem ficou ferido após o ator americano Alec Baldwin ter disparado com uma arma supostamente cenográfica durante as gravações do filme de velho oeste “Rust”, nos EUA, na última quinta-feira (21).

A vítima é a diretora de fotografia Halyna Hutchins, 42 anos, enquanto o cineasta do longa-metragem, Joel Souza, de 48, também foi baleado, mas sobreviveu.

Segundo a polícia do condado de Santa Fé, no Novo México, Hutchins e Souza foram “atingidos quando Baldwin descarregou uma pistola usada nas cenas do filme”.

A dinâmica exata do incidente, no entanto, ainda não está clara, bem como as circunstâncias que levaram uma arma que era para ser cenográfica matar uma pessoa e ferir outra.

Baldwin, protagonista e coprodutor de “Rust”, já foi interrogado pelos investigadores, que não efetuaram nenhuma prisão até o momento. No longa, o ator interpreta um bandido que tenta ajudar o neto de 13 anos a escapar de uma condenação por um homicídio acidental.


Compartilhe: