Rio Grande do Sul tem carreatas e manifestação de caminhoneiros, mas sem bloqueios de estradas

Em Porto Alegre, uma carreata por ruas da zona norte de Porto Alegre causou restrições ao tráfego de veículos.

Compartilhe:

O feriado de Sete de Setembro é de carreatas em favor do governo federal e de mobilização de caminhoneiros. Em Porto Alegre, uma carreata por ruas da zona norte de Porto Alegre causou restrições ao tráfego de veículos. Grupo se dirige para o Parcão.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), não há nenhum bloqueio nas rodovias federais no Estado. A PRF foi informada de algumas carreatas, que podem deixar o trânsito lento em algum ponto de forma transitória quando cruzam a rodovia.

No final da manhã, tratores em um comboio que trafegava na BR-386, em Nova Santa Rita, deixou o trânsito lento. Mas não houve bloqueio.

Na ERS-040, há congestionamento na região entre Capão da Porteira e o trecho duplicado. O motivo é o grande fluxo de veículos retornando do Litoral Norte. Na FreeWay, não há registro de problemas de tráfego.

Em Porto Alegre, uma carreata percorreu a zona norte. O grupo saiu da região da avenida Assis Brasil e se dirigiu para o Centro pela avenida Farrapos e houve bloqueios pontuais no trânsito. O destino final deve ser o Parque Moinhos de Vento. Não há mais registro de congestionamento nessas vias.

A avenida Goethe está bloqueada na altura da Mostardeiro, conforme a EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação). O cruzamento da Goethe com 24 de Outubro também está fechado. Por consequência, nos dois sentidos está fechado. Há congestionamento porque o tráfego está sendo redirecionado em volta do Parcão.


Compartilhe: