Guarda Municipal dispersa aglomerações com mais de 1,8 mil pessoas em Porto Alegre

Compartilhe:

A noite de sexta-feira (3) e a madrugada de sábado (4) teve dispersão de aglomerações em diversos pontos de Porto Alegre. Conforme a Guarda Municipal, cerca 1.800 pessoas estavam desrespeitando as regras de convivência durante a pandemia. A ação conta com apoio da Brigada Militar, EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), Diretoria Geral de Fiscalização da Prefeitura de Porto Alegre e Corpo de Bombeiros.

Os agentes estiveram em áreas tradicionalmente frequentadas da noite de Porto Alegre. Foram dispersadas aglomerações nas ruas Padre Chagas esquina Luciana de Abreu, República, Lima e Silva, José do Patrocínio, João Alfredo e Fernando Machado.

Na rua 24 de outubro, onde um grupo fazia uma pequena aglomeração utilizando uma caixa de som. Com a chegada da guarda, o proprietário do aparelho se negou a desligá-lo, foi detido e conduzido à Delegacia de Polícia, e o equipamento foi apreendido. Uma mulher foi autuada por negar-se a usar máscara, e dois estabelecimentos foram penalizados por descumprimento dos protocolos da Covid-19.

Barreira de trânsito

A ação contou com uma barreira de trânsito, com um total de 19 autuações. Nove condutores recusaram-se ao teste do bafômetro, três motoristas fizeram e deu positivo para álcool no sangue, três não possuíam carteira nacional de habilitação e quatro veículos foram recolhidos.

Denúncias sobre aglomerações podem ser feitas pelos telefones 153 e 156.


Compartilhe: