Brasil ganha da Espanha por 2 a 1 e conquista bicampeonato olímpico

O resultado impulsionou a delegação brasileira para a 12ª posição na classificação geral das Olimpíadas, com sete medalhas de ouro, quatro pratas e oito bronzes – totalizando 19 pódios.

Compartilhe:

A seleção brasileira de futebol masculino conquistou o bicampeonato olímpico no estádio de Yokohama neste sábado (7) ao vencer a Espanha por 2 a 1 na prorrogação.

A partida foi bastante tensa, com Richarlison perdendo um pênalti aos 37 minutos do primeiro tempo. O atacante isolou a cobrança, que foi confirmada após o uso do árbitro de vídeo (VAR). Mas, nove minutos depois, Matheus Cunha fez um belo gol.

No segundo tempo, porém, os espanhóis voltaram mais ligados e empataram o jogo logo aos 15 minutos com um gol de Oyarzabal.

Com o empate no tempo normal, o jogo foi para a prorrogação – e o placar ficou inalterado no primeiro tempo extra. Mas, logo aos dois minutos do segundo tempo, Malcolm deu números finais e a equipe conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos.

O resultado impulsionou a delegação brasileira para a 12ª posição na classificação geral das Olimpíadas, com sete medalhas de ouro, quatro pratas e oito bronzes – totalizando 19 pódios.

O país pode melhorar ainda mais sua participação, que já tem o recorde histórico de medalhas, pois disputa mais duas finais na madrugada deste domingo (8): o vôlei feminino enfrenta os Estados Unidos e a pugilista Beatriz Ferreira encara a irlandesa Kellie Harrington na final do peso leve do boxe.


Compartilhe: