Inverno é melhor época para vedar telhados e impedir acesso de morcegos

Com a chegada da primavera, os morcegos encontram na Região Sul comida em abundância e, por isso, retornam.

Compartilhe:

A procura por locais onde possam ter seus filhotes leva as fêmeas de morcegos a se instalarem em forros, marquises ou pequenas frestas sem a devida vedação nos meses mais quentes.

Para evitar este contratempo, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Urbanismo e Sustentabilidade de Porto Alegre orienta que as pessoas aproveitem o período de frio, quando estes animais migram em busca de alimento, para fazer a vedação dos telhados.

A bióloga Soraya Ribeiro destaca a importância de se trocar telhas quebradas das residências e vedar frestas, mesmo as menores, para impedir a entrada dos animais, uma vez que são protegidos pela lei federal 9.605/1998 (lei dos crimes ambientais) e depois de instalados não podem ser removidos.

Com a chegada da primavera, a espécie encontra na Região Sul comida em abundância e, por isso, retorna. “Morcegos se alimentam de ratos, mosquitos e pragas que proliferam em estações quentes”, explica Soraya, ressaltando a importância deles para o ecossistema da cidade.

“Caso aviste um morcego, não se assuste ou maltrate. As espécies presentes em nossa região são inofensivas aos humanos e não sugam sangue, como crê o imaginário popular”, completa.


Compartilhe: