Inter empata com o Corinthians e estaciona na tabela

A escalação de Diego Aguirre teve novidades. Em uma postura de buscar os contra-ataques, o Inter pouco criou no jogo e se defendia como podia.

Compartilhe:

O Inter deixou escapar dois pontos importantes na noite deste sábado (3). O time colorado empatou em 1 a 1 com o Corinthians no Itaquerão, em São Paulo, em jogo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Inter estacionou na tabela, está na décima quarta posição, com 10 pontos em 27 disputados.

A escalação de Diego Aguirre teve novidades. Em uma postura de buscar os contra-ataques, o time colorado pouco criou no jogo e se defendia como podia. Já o Corinthians também mostrou pouca ambição na partida.

Aos 36 minutos do primeiro tempo, após cobrança de falta, Jô agarrou Victor Cuesta dentro da área e o árbitro Marcelo de Lima Henrique marcou a penalidade. Após análise do Var, Edenilson foi autorizado a cobrar. Ele cobrou no canto esquerdo de Cássio, a meia altura e abriu o placar, 1 a 0.

No segundo tempo, o Inter voltou modificado. Em campo, a postura dos jogadores também mudou. O Corinthians passou ocupar mais os espaços e ficar mais com a bola.

Quando trocava passes, o Inter conseguia leva perigo. Mas aos poucos o time colorado parou de fazer isso, deixando a equipe adversária mais a vontade.

Mesmo com as dificuldades de criação o Corinthians insistiu e a defesa do Inter, que vazava bastante pela direita, não conseguiu segurar. Aos 35, Fábio Santos recebeu no fundo, cruzou, Luan cabeceou, Daniel espalmou e Jô empurrou para a rede, para empatar, 1 a 1.

Após o gol de empate, Aguirre mudou novamente a equipe. Mas o Inter não conseguiu chegar com objetividade no ataque, só com chuverinhos na área (que todo mundo já sabia que a bola iria ficar com a zaga corintiana).

Coletiva

Na coletiva, Aguirre lamentou o empate. “Fico chateado por não ter conseguido essa vitória fora de casa”, disse o treinador do Inter. “Hoje não criamos muitas chances de gols.”

Ele também comentou sobre a defesa colorada. “Seguro que evoluímos. Muitas coisas estão melhor. Defensivamente, algo muito criticado, nas bolas paradas, não está acontecendo”, ressaltou.

Escalação 

Corinthians: Cássio; Fagner, João Victor, Gil e Fábio Santos; Cantillo, Roni (Araos) e Vitinho (Luan); Gustavo Mosquito (Marquinhos), Mateus Vital e Jô. Técnico: Sylvinho.

Inter: Daniel; Saravia (Lucas Ribero), Pedro Henrique, Víctor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado, Edenilson, Maurício (Boschilia), Juan Cuesta (Johnny) e Leo Borges (Patrick); Yuri Alberto (Vinícius Mello). Técnico: Diego Aguirre.


Compartilhe: