Procedimento inovador em feto de 30 semanas de gestação é realizado em instituto da Santa Casa

A realização desse procedimento na vida fetal melhora o prognóstico pós-natal desses bebês acometidos dessa grave doença.

Compartilhe:

O Instituto Materno-Fetal Celso Rigo da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre realizou um procedimento inovador denominado de oclusão traqueal endoscópica fetal, para o tratamento de hérnia diafragmática congênita de um feto com 30 semanas de gestação.

De acordo com o coordenador do Instituto Materno-Fetal, o médico Marcelo Brandão da Silva, a realização desse procedimento na vida fetal melhora o prognóstico pós-natal desses bebês acometidos dessa grave doença que, em muitos casos, apresenta alta taxa de mortalidade.

A cirurgia foi realizada pela médica Talita Micheletti Helfer, cirurgiã fetal e responsável pelo programa de cirurgia fetal da Santa Casa, e foi acompanhada e orientada em tempo real pelo médico espanhol Eduard Gratacós em Barcelona.

O procedimento, que durou em torno de 30 minutos, foi um sucesso e mãe e bebê passam bem.

 


Compartilhe: