Mais de 2 mil pessoas são dispersadas em fiscalização contra aglomerações em Porto Alegre

Compartilhe:

Mais de 2 mil pessoas na noite de sexta-feira (11) e a madrugada de sábado (12), em regiões boêmias de Porto Alegre. A maior aglomeração foi registrada na rua Padre Chagas, do bairro Moinhos de Vento. O objetivo da “Operação Esforço Concentrado” é verificar o cumprimento e respeito aos protocolos sanitários de prevenção à Covid-19.

Conforme as forças de segurança, a maior aglomeração ocorreu na Padre Chagas, em um ponto em que há vários estabelecimentos comerciais. Cerca de 100 pessoas também foram dispersadas na rua Fernando Machado, no Centro Histórico.

Diversos estabelecimentos receberam a visita dos agentes integrantes da Esforço Concentrado. Um local, nas Ilhas, foi autuado por falta de alvará. Os demais locais visitados estavam funcionando conforme as regras determinadas nos decretos municipais.

“A pandemia não acabou e população deve seguir respeitando as medidas sanitárias, como uso de máscara e distanciamento. A Guarda Municipal mantém as operações de fiscalização e será rígida no cumprimento das regras”, afirma o comandante da Guarda Municipal, Marcelo Nascimento.

Além da Guarda Municipal, a ação contou com a participação de agentes da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação), Brigada Militar e Diretoria Geral de Fiscalização.

Prisão por furto de cabos

Durante a operação, um homem foi flagrado furtando fios e cabos no Parque Marinha do Brasil. Ele foi preso em flagrante e, de acordo com a Guarda Municipal, aguarda vaga no sistema prisional sob a custódia.


Compartilhe: