Com goleiro improvisado, Inter empata com o América Mineiro fora de casa

Com o resultado, o Inter chega a nove pontos na competição. Na próxima rodada, a equipe do técnico Diego Aguirre vai enfrentar o Palmeiras.

Compartilhe:

O Inter está trazendo um pontinho importante de Belo Horizonte. Na noite deste domingo (27), o time colorado empatou em 1 a 1 com o América Mineiro, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro 2021.

Com o resultado, o Inter chega a nove pontos na competição. Na próxima rodada, a equipe do técnico Diego Aguirre vai enfrentar o Palmeiras no Beira-Rio.

O jogo no estádio Independência foi bastante disputado, com emoção na reta final. Aos 3 minutos de partida, o Inter quase abriu o placar com Johnny. Ele recebeu ao lado da marca penal, dominou e, com tranquilidade, tentou deslocar o goleiro, só que exagerou e acabou mandando ao lado da meta.

Mas depois desse lance, o Inter voltou a ficar mais com a bola e sem ser objetivo. Assim deixou o América Mineiro crescer na partida.

Aos 33 minutos do primeiro tempo, os donos da casa abriram o placar. Juninho cruzou na cabeça de Ribamar, que subiu entre os dois zagueiros colorados e mandou para o fundo das redes,1 a 0.

Após o gol, o Inter ficou nervoso em campo e não conseguia sair com velocidade.

Segundo tempo

Aguirre fez três substituições para o segundo tempo, o Inter mudou a postura. Diferente do primeiro tempo, o Inter começou a tocar a bola mais rápido. Os jogadores também mostraram mais raça.

Aos 31 da segunda etapa, os jogadores do Inter fizeram uma grande jogada. Thiago Galhardo recuperou a bola e, na tabela, Edenilson de calcanhar passou para Rodrigo Dourado que mandou na gaveta, deixando tudo igual.  O VAR confirmou o gol depois de revisar o lance por quatro minutos.

Nos acréscimos, Daniel sentiu uma bolada que levou no rosto. Já era 59 do segundo tempo quando ele pediu atendimento. O goleiro precisou sair e, como o Inter já tinha feito todas as substituições, coube a Edenilson a missão de fechar o gol.

Após o atendimento, o árbitro da partida deu mais cinco minutos de acréscimo. Com um a menos e com o goleiro improvisado, o Inter conseguiu segurar o América Mineiro.

A zaga colorada não deixava a bola ficar próxima da área. Em um cruzamento, que a zaga não conseguiu cortar, Edenilson segurou firme, experiente aproveito o lance para ganhar tempo.

O América continuou na pressão. No último lance da partida, Edenilson saiu de soco para afastar o cruzamento vindo do escanteio. O alívio veio com o apito final.


Compartilhe: