Assembleia aprova fim do plebiscito para privatizações de Corsan, Banrisul e Procergs

O resultado representa uma vitória do governo, que precisava da aprovação para concretizar o desejo de repassar o controle acionário da Corsan à iniciativa privada.

Compartilhe:

A Assembleia Legislativa aprovou, nesta terça-feira (1º) , em segundo turno, a PEC 280/19 que retira a obrigatoriedade da realização de plebiscito para privatização da Corsan, Banrisul e Procergs.

Foram 35 votos favoráveis e 18 contrários. O resultado representa uma vitória do governo Eduardo Leite, que precisava da aprovação para concretizar o desejo de repassar o controle acionário da Corsan à iniciativa privada.

“Esta votação da PEC é o primeiro e mais importante passo para essa privatização”, ressaltou o deputado Estadual Eduardo Loureiro (PDT).

A deputada Juliana Brizola (PDT) lamentou que, enquanto o mundo democrático inclui consultas plebiscitárias, o Rio Grande do Sul está prestes a retirar “essa arma para barrar os governos entreguistas”.

“Não estamos apenas diante da votação que retira o plebiscito, como argumenta a base. O que se vota aqui é a entrega da nossa água, do Banrisul e da Procergs”, reiterou.


Compartilhe: