Sistema 3As: Gabinete de Crise do RS confirma quatro novos Alertas para conter o avanço da pandemia

Com a notificação aos municípios nesta quarta, passa a valer o prazo de 48 horas para que as quatro regiões apresentem um plano de Ação.

Compartilhe:

Após reunião nesta quarta-feira (26), o Gabinete de Crise emitiu quatro novos Alertas às regiões Covid do Rio Grande do Sul.

De acordo com o governo do Estado, a decisão ocorreu na esteira da recomendação do GT Saúde, que também emitiu um novo Aviso. As regiões de Caxias do Sul, Erechim, Pelotas e Santa Maria receberam Alertas por parte do Gabinete de Crise.

Com a notificação aos municípios nesta quarta, passa a valer o prazo de 48 horas para que as quatro regiões apresentem um plano de Ação.

Para as regiões de Bagé e Santa Cruz do Sul, foi enviado um segundo Aviso, além do que receberam na semana passada. A região de Taquara, que ainda não tinha recebido nenhum, se une a essas duas, na medida em que o número de casos está aumentando e houve redução na agilidade da vacinação na região.

Regiões que receberam o Alerta:

Pelotas

A região de Pelotas apresentou incidência de 254,1 casos confirmados por 100 mil habitantes na última semana, aumento de 17,8% frente à anterior. Também apresentou taxa de mortalidade acumulada na semana de 8,08 óbitos por 100 mil habitantes na última semana, alta de 14,5% frente à anterior. É a sexta maior taxa do Estado, sendo 27,1% superior à média estadual.

Além disso, Pelotas apresentou aumento de 12,7% de internados em leitos clínicos, variação de 20 pacientes. Sendo assim, a região tem 177 internados com Covid-19 em leitos clínicos. Em leitos de UTI, houve alta de 6,5% no número de internados, variação de sete pacientes. A região tem 115 internados por Covid-19 em UTIs, o que praticamente representa o máximo atingido de 117 pacientes em 2 de maio.

A taxa de ocupação é de 91%, com 18 leitos livres. É um número próximo do maior patamar de internados por Covid-19 na região desde o início da pandemia.

Com o percentual de 9,9%, Pelotas apresenta a quarta menor proporção da população vacinada com segunda dose do Estado.

Caxias do Sul

A região de Caxias do Sul apresentou incidência de 308,5 casos confirmados por 100 mil habitantes na última semana, aumento de 18,7% frente à semana anterior. É a 12ª maior incidência do Estado entre as 21 regiões Covid-19 na última semana, sendo 14,6% superior à média estadual.

Ao longo da última semana, Caxias do Sul apresentou aumento de 7,8% internados em leitos clínicos, uma variação de 29 pacientes. Assim, a região tem 402 internados por Covid-19 em leitos clínicos.

Em leitos de UTI, houve aumento de 7%, variação de 16 pacientes. Com isso, a região tem 243 internados por Covid-19 em UTIs e taxa de ocupação de 88,6%, com 43 leitos livres.

Santa Maria

A região de Santa Maria apresentou incidência de 355,8 casos confirmados por 100 mil habitantes na última semana, aumento de 26,1% frente à semana anterior. É a 9ª maior incidência do Estado entre as 21 regiões Covid-19 na última semana, sendo 32,1% superior à média estadual.

Além disso, Santa Maria apresentou taxa de mortalidade acumulada de 9,11 óbitos por 100 mil habitantes na última semana, aumento de 6,3% frente à semana anterior. É a quarta maior taxa de mortalidade recente do Estado entre as 21 regiões Covid-19 na última semana, sendo 43,4% superior à média estadual.

Ao longo da última semana, Santa Maria apresentou elevação de 10,7% internados em leitos clínicos, entre suspeitos e confirmados, variação de 23 pacientes. Com isso, a região tem 238 internados por Covid-19 em leitos clínicos.

Em leitos de UTI, a região apresentou aumento de 3,1% na última semana, uma variação de quatro pacientes. Sendo assim, a região tem 134 internados por Covid-19 em UTIs e taxa de ocupação de 84,7%, com 32 leitos livres. Entre a reunião do GT Saúde e a deliberação do Gabinete de Crise, o número de internados subiu para 139 (86,1%).

Além disso, o percentual de vacinação na região é 8,5%, a menor proporção da população vacinada com 2ª dose no Estado.

Erechim

A região de Erechim apresentou incidência de 306,1 casos confirmados por 100 mil habitantes na última semana, aumento de 24,2% frente à anterior.

Também apresentou taxa de mortalidade acumulada na semana de 4,72 óbitos por 100 mil habitantes na última semana, um aumento de 175,0% frente à anterior.

Além disso, houve um aumento de 44,6% de internados em leitos clínicos, entre suspeitos e confirmados, o que representa uma variação de 25 pacientes. Com isso, a região tem 81 internados por Covid-19 em leitos clínicos.

Quanto aos internados em leitos de UTI, a região apresentou uma redução de 3%, variação de menos um paciente. São 32 internados por Covid-19 em UTIs, e taxa de ocupação de 80,7%, com 11 leitos livres.

A região está a apenas oito pacientes do maior número de internados por Covid-19 desde o início da pandemia.


Compartilhe: