PF cumpre mandados no Rio Grande do Sul em ação contra lavagem de dinheiro do tráfico

Cerca de 90 policiais federais cumprem nove mandados de prisão preventiva e 17 mandados de busca e apreensão

Compartilhe:

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (18), uma operação para desmantelar uma organização criminosa que agia em vários estados brasileiros. O grupo era especializado em lavagem de dinheiro proveniente dos crimes de tráfico de drogas. Os criminosos também são investigados por associação para o tráfico de drogas e envolvimento casas de prostituição.

Cerca de 90 policiais federais cumprem nove mandados de prisão preventiva e 17 mandados de busca e apreensão, em três estados. No Paraná, os mandados foram cumpridos em Boa Vista da Aparecida, Cascavel, Colombo, Curitiba, Matinhos e Piraquara; no estado de Santa Catarina, em Blumenau, Florianópolis e Massaranduba; e no Rio Grande do Sul, no município de Getúlio Vargas.

Uma das suspeitas é que os alvos lavavam dinheiro recebido em casas de prostituição com máquinas de cartão de crédito. As empresas “destinatárias” dos valores seriam do ramo de cosméticos e energia solar.

Conforme a PF, o líder da organização criminosa movimentou mais de R$ 1,6 milhão no sistema bancário, apenas no período investigado. O criminoso ostentava carros de luxo, jets ski, casas na praia, entre outros. Ele mora em Boa Vista da Aparecida, no oeste do Paraná.

A Polícia Federal não informou, até as 8h15 quantas pessoas haviam sido presas. Uma coletiva sobre a operação deve ocorrer às 10h.


Compartilhe: