Mulher tem prisão decretada após causar acidente na BR-386, em Lajeado

Ela é suspeita de jogar o carro que dirigia, e onde estava com a filha de dois anos, contra o caminhão na BR-386. Ela está em estado crítico de saúde.

Compartilhe:

A Polícia Civil está investigando as circunstâncias de um violento acidente entre um caminhão e um carro na BR-386, em Lajeado, no Vale do Taquari. A condutora de um dos veículos envolvidos na colisão teve a prisão decretada. Ela é suspeita de jogar o carro que dirigia, com a filha de dois anos, contra o caminhão. Acusada de causar o acidente está em estado crítico de saúde.

O caso ocorreu na tarde de ontem (17), no quilômetro 344 da BR-386, entre os bairros Olarias e Montanha, em Lajeado. Um Fiat Uno, emplacado em Cruzeiro do Sul, bateu, frontalmente, contra um caminhão. Um Hyundai Tucson, que vinha logo atrás, também atingiu o Uno, mas com menor força. Uma mulher, de 34 anos, ficou gravemente ferida. A filha dela, de 2 anos, teve escoriações leves.

Em depoimento, o motorista do caminhão disse que a condutora do carro “mudou de sentido”, indo de frente contra o caminhão. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo.

A condutora do Uno ficou presa às ferragens e foi encaminhada ao Hospital Bruno Born, em Lajeado, em estado grave. Mas, devido ao estado crítico, foi transferida ao HPS (Hospital de Pronto-Socorro) de Canoas. O nome dela não foi divulgado pela autoridade policial.

Para a polícia, o acidente foi premeditado pela mulher em uma tentativa de matar a criança. Um vídeo que que circula nas redes sociais mostra a acusada e a criança dentro do carro e ela diz que a menina deve se despedir do pai. Conforme a delegada Shana Luft Hartz, da 19ª Delegacia de Polícia Regional de Lajeado, a gravação é autêntica.

Por causa da prova da tentativa de homicídio contra a criança, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva da mulher, que seria mãe da criança. Ela segue em estado de saúde considerado “crítico” em Canoas e não há previsão de alta.

Quer receber notícias no WhatsApp?
Ao entrar você esta ciente e de acordo com os termos de uso e privacidade do WhatsApp.

Compartilhe:
error: