Mulher morre ao ser atropelada por carro na ERS-235, em Canela

Vítima seguia para o trabalho. Condutor do carro estava embriagado e foi preso em flagrante delito. 

Compartilhe:

Uma mulher morreu, na manhã deste domingo (2), após ser atropelada na ERS-235, em Canela, na Serra gaúcha. A vítima seguia para o trabalho com uma amiga quando foi atingida. Condutor do carro estava embriagado e foi preso em flagrante delito.

Conforme o CRBM (Comando Rodoviário da Brigada Militar), o atropelamento ocorreu no quilômetro 40 da estrada, por volta das 6h30 da manhã. O condutor do veículo, de modelo não informado pela autoridade policial, perdeu o controle da direção.

O carro subiu a calçada e atingiu duas mulheres. Elas se dirigiam, a pé, para o trabalho no Oásis Santa Ângela. O veículo atingiu, ainda, um poste.

As duas mulheres ficaram feridas e foram socorridas por paramédicos do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Uma delas chegou em estado grave no Hospital de Canela e não resistiu. A outra pessoa atropelada segue em estado de saúde estável na mesma instituição.

Motorista é preso por embriaguez

O motorista que causou o acidente foi preso em flagrante delito. Ele estava embriagado, conforme a Polícia Civil e o CRBM. O primeiro teste apontou apontou 0,43 mg/l de álcool no sangue e na contraprova 0,48 mg/l. O homem, de 19 anos, tinha apenas permissão para dirigir, pois não havia completado um ano de habilitação.

O delegado Gustavo Barcellos, da Polícia Civil de Gramado, que atendeu a ocorrência em regime de plantão, autuou o motorista por dois crimes. O mais grave é o de homicídio culposo de trânsito qualificado, pois o motorista estava bêbado no momento do acidente. O outro é lesão corporal culposa de trânsito qualificada pelo mesmo motivo.

O condutor foi preso e encaminhado ao presídio de Canela sem direito à fiança. Ele deve passar por audiência de custódia.


Compartilhe: