Liberadores: Inter faz meia dúzia de gols no Olimpia e se mantém líder do Grupo B

Equipe do Inter deu espetáculo e garantiu manutenção da liderança do grupo B da Libertadores, com seis pontos.

Compartilhe:

O torcedor colorado vai dormir feliz. Na noite dessa quarta-feira (5), o Inter atropelou o Olimpia no Beira-Rio na reestreia de Taison.

O time de Miguel Ángel Ramírez venceu a equipe paraguaia por 6 a 1 pela terceira rodada da Libertadores. Os gols foram marcados por Victor Cuesta, Edenilson, Thiago Galhardo (duas vezes), Yuri Alberto e Caio Vidal. Gonzáles descontou para os paraguaios. Com o resultado, o Inter se mantém líder do Grupo B (6 pontos).

O início do jogo foi movimentado. O Olimpia tentava surpreender o Inter e adiantou as linhas.  Taison começou a partida ao lado de Marcos Guilherme, que substituiu o lesionado Patrick, com lesão na coxa, dando bastante movimento na equipe.

A forte pressão do Inter logo resultou no gol de abertura do placar. Aos 27 minutos do primeiro tempo, após jogada pela direita, o colorado ganhou escanteio. Rodinei cruzou para dentro da área com precisão. Cuesta dividiu com o defensor e mergulhou de peixinho para fazer 1 a 0.

Após o gol, o Olimpia tentou avançar as linhas e o Inter teve mais espaço para contra-atacar.

Segundo tempo

O Inter manteve a intensidade no segundo tempo e chegou ao segundo gol. Taison ajudou a construir a jogada que resultou no pênalti. Mauricio tentou abrir bola, mas o defensor do Olimpia interceptou com a mão dentro da área. Na cobrança, Edenilson bateu com categoria, deslocando o goleiro Olveira e fazendo 2 a 0, aos 7 minutos.

Aos 18 minutos, Taison descolou bom passe, Galhardo fez o corta luz e a bola chegou em Marcos Guilherme, que finalizou para a defesa de Olveira. No rebote, Galhardo empurrou para o fundo das redes, 3 a 0.

Aos 22, Olimpia até teve a chance para descontar quando Marcelo Lomba errou feio em uma saída de bola dentro da área. Para a sorte colorada, Ojeda chutou para fora. Mas, três minutos depois, Galhardo recebeu belo passe de Praxedes, não perdoou e fez o quarto, de cavadinha.

O Inter manteve o ritmo intenso e, logo depois, chegou ao quinto com Yuri Alberto. Aos 31 minutos, Marcos Guilherme arrancou em velocidade e soltou para o atacante anotar.

Mas o gol mais bonito da noite foi de Caio Vidal. Aos 38, Saravia cruzou e no rebote, de bicicleta, Caio fez 6 a 0. No fim, o Olimpia ainda chegou ao seu gol de honra, marcando de pênalti com Derliz González. Dá para dizer que foi uma falta boba de Rodrigo Dourado.

Na zona mista, Taison comentou sobre o resultado. “Não fui só eu, todos jogaram bem. Estou muito feliz pelo resultado e por voltar a jogar. A vitória foi como eu imaginava”, disse.


Compartilhe: