Grêmio vence o Caxias na primeira partida das semifinais do Gauchão

O resultado permite que o Grêmio jogue por um empate no jogo da volta para ir à final. Grêmio e Caxias decidem a vaga no próximo domingo (9), na Arena, às 16h

Compartilhe:

O Grêmio venceu o Caxias por 2 a 1 pelo jogo de ida das semifinais do Campeonato Gaúcho. A partida era uma reedição da última final do Gauchão e foi realizada na noite deste domingo (2), no Estádio Centenário, em Caxias do Sul.

Atual tricampeão, o Grêmio saiu na frente aos 22 da etapa inicial, com o artilheiro Diego Souza. O Caxias empataria nos acréscimos do primeiro tempo com Marlon. O jogo era disputado e o Grêmio, ainda se adaptando, já mostrava algumas diferenças sob o comando de Tiago Nunes.

Minutos antes de empatar o Caxias já dava sinais de reação. A equipe grená marcou um golaço com Tontini, mas o gol foi anulado sob alegação de toque de mão de Giovane Gomez. Jogadores e comissão técnica do Caxias ficaram indignados, o que resultou na expulsão do médico Rafael Lessa. Em função do regulamento, o técnico Rafael Lacerda também precisou sair.

No segundo tempo o jogo seguiu equilibrado, com alguma superioridade Tricolor. Até que, aos 37, o árbitro Vinicius Gomes do Amaral, após consulta ao VAR, viu pênalti de Matheuzinho em Ferreira, do Grêmio. Diego Souza bateu e fez, dando a vitória ao Tricolor.

Situação e próximos jogos

O resultado permite que o Grêmio jogue por um empate no jogo da volta para ir à final. Grêmio e Caxias decidem a vaga no próximo domingo (9), na Arena, às 16h.

Antes da decisão, o Grêmio tem compromisso pela Sul-Americana. O Tricolor enfrenta o Aragua-VEN, também na Arena, na quinta-feira (6), às 19h15. A partida faz parte do Grupo H da competição continental.

Ficha Técnica

Caxias

Marcelo Pitol; Lennon, Guilherme Mattis, Thiago Sales e Bruno Ré; Juliano, Marlon (Matheuzinho), Tontini (Carlos Alberto), Jhon Cley (Milla) e Gustavo Ramos; Giovane Gomez

Técnico: Rafael Lacerda

Grêmio

Brenno; Rafinha (Vanderson), Pedro Geromel, Ruan e Bruno Cortez; Thiago Santos (Lucas Silva), Matheus Henrique (Maicon) e Jean Pyerre; Léo Pereira (Luiz Fernando), Diego Souza (Churín) e Ferreira

Técnico: Tiago Nunes

Árbitro: Vinicius Gomes do Amaral.
Assistente 1: Michael Stanislau.
Assistente 2: Luiz Naujorks Reis

 


Compartilhe: