Grande refúgio de morcegos que se alimentam de sangue é localizado na Região Central do RS

Os morcegos foram capturados e soltos após a aplicação de uma pasta vampiricida utilizada no controle da população desses animais.

Compartilhe:

A equipe de combate à raiva da Supervisão Regional de Santa Maria da Seapdr (Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural) localizou um grande refúgio de morcegos hematófagos na localidade de Rincão das Palmas, em Restinga Seca.

De acordo com o veterinário e fiscal estadual agropecuário, Filippo Cogo Mendes, a região enfrentava ataques de morcegos há muitos anos e nunca tinha sido possível localizar o refúgio. Os morcegos hematófagos são responsáveis por significativas perdas na produção animal, pois se alimentam de sangue e são transmissores do vírus da raiva, doença que não tem cura.

O veterinário e o auxiliar rural Santo Adelmo Toaldo só conseguiram chegar aos animais com a ajuda do produtor Jair Ademar Fehn, que localizou a furna em um oco de árvore em sua propriedade, ao lado do rio Jacuí.

Segundo a Seapdr, um total de 86 morcegos foram capturados e soltos após a aplicação de uma pasta vampiricida utilizada no controle da população desses animais.

“É importante reforçar o papel que os produtores têm para nos ajudar na localização desses refúgios, sendo essencial comunicar à Inspetoria sempre que encontrarem locais suspeitos”, salienta Mendes.


Compartilhe: