Renato Gaúcho é vetado para a viagem do Grêmio ao Equador

Compartilhe:

O treinador Renato Gaúcho não irá comandar a equipe do Grêmio nesta quarta-feira (7) contra o Independiente del Valle, em Quito, no Equador. A partida é válida pela pré-Libertadores 2021.

De acordo com o médico Márcio Dornelles, Renato queixou-se de dores musculares e apresenta a garganta inflamada.

“Apesar do último RT-PCR, realizado no sábado, ter sido negativo, coletamos um novo teste na manhã desta segunda-feira e aguardamos o resultado. Renato teve pico febril durante a noite e segue indisposto. Com isso, o treinador está fora da delegação que irá para Quito”, disse o médico.

“Seguindo as determinações médicas, todo integrante do departamento de futebol que apresenta sintoma, por precaução e protocolo, é afastado do grupo e atividades”, disse o Grêmio em nota.

O exame realizado pelo técnico nesta segunda-feira (5) confirmou que ele está com Covid-19. A informação foi revelada pela filha do treinador, Carolina Portaluppi, em suas redes sociais.

Além de Renato, a delegação do Grêmio viajou sem o zagueiro Kannemann e o volante Maicon. Os dois jogadores têm problemas físicos e ficam em Porto Alegre.


Compartilhe: