Polícia fecha farmácia clandestina e prende casal que vendia kits covid em São Leopoldo

Segundo a polícia, os dois detidos não possuem formação na área farmacêutica e vendiam remédios que integram o chamado kit covid-19.

Compartilhe:

A Polícia Civil fechou nesta segunda-feira (26) uma farmácia clandestina que funcionava em uma residência no bairro Rio dos Sinos, em São Leopoldo.

Um casal, homem de 41 anos e a mulher de 51 anos, foi preso em flagrante. Segundo a polícia, os dois detidos não possuem formação na área farmacêutica e vendiam remédios que integram o chamado kit covid-19, medicamentos sem eficácia comprovada contra o coronavírus.

De acordo com a polícia, foram apreendidos pelo menos três kits já montados e dezenas de medicamentos como ivermectina, sulfato de hidroxicloroquina e azitromicina.

O casal vai responder por crimes contra relações de consumo, por tráfico e associação ao tráfico de drogas devido a vários remédios encontrados no local exigirem prescrição médica por serem psicotrópicos, controlados ou entorpecentes.

A identidade do homem e da mulher não foi divulgada.


Compartilhe: