No Paraguai, Grêmio perde de virada para o Independiente del Valle na Libertadores

Com alguns atletas e o técnico Renato Renato Gaúcho positivado para o Covid-19, a equipe do Grêmio foi comandada por Alexandre Mendes.

Compartilhe:

O Grêmio entrou em campo na noite desta sexta-feira (9), no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, para enfrentar o Independiente del Vale, pelo jogo de ida da terceira fase Libertadores.

Com alguns atletas e o técnico Renato Renato Gaúcho positivado para o Covid-19, a equipe foi comandada por Alexandre Mendes. Mas o resultado não foi o esperado e o Grêmio perdeu de virada por 2 a 1.

Em campo, a equipe foi escalada com Brenno, Felipe, Rodrigues, Ruan, Diogo Barbosa, Lucas Silva, Matheus Henrique, Pinares, Alisson, Ferreira e Diego Souza.

Os primeiros minutos de jogo foram equilibrados e de muita disputa no meio-campo, mas apesar disso, na primeira chegada ao ataque, o tricolor gaúcho foi efetivo.

Aos 9 minutos, em cobrança de falta, Alisson colocou na marca penal para Diego Souza subir e desviar de cabeça, preciso, mandando para o fundo das redes, abrindo o marcador.

Na reta final do primeiro tempo, Alisson recebeu um lançamento, rolou para Diego Souza, que deu de letra para Ferreira. O atacante mandou de cavadinha para o fundo das redes, mas a arbitragem assinalou impedimento neste que seria o segundo gol Grêmio, que por sinal, seria um golaço.

Segundo tempo 

No segundo tempo, o time equatoriano voltou com a postura diferente e logo no inicio criou chance de gol.

Aos 7 minutos, o Independiente del Vale empatou com Faravelli. Montenegro deu um passe para o volante, que invadiu a área chutou, conseguindo deslocar Brenno, deixando tudo igual no Defensores del Chaco.

O Grêmio buscou responder e quase marcou com Diego Souza. Matheus Henrique deixou o centroavante pifado para invadir a área. Assim fez, mas ao cortar o goleiro, acabou pegando muito embaixo da bola e mandando por sobre a meta.

Aos 13 minutos, o Independiente chegou bem e com efetividade. Dentro da área, Ruan acabou cometendo falta sobre Montenegro, recebendo seu segundo cartão amarelo e sendo expulso da partida. Na cobrança do pênalti, Faravelli chutou e assinalou o segundo gol para o time equatoriano.

Com isso, larga na frente em busca de uma vaga na fase de grupos. O jogo volta está marcado para a próxima quarta-feira (14), na Arena.


Compartilhe: