Morre o leão mais antigo do zoológico de Sapucaia

O leão tinha 21 anos e era portador de uma doença renal que avançou nos últimos meses, debilitando a saúde do animal.

Compartilhe:

Morreu uma das principais atrações do zoológico de Sapucaia do Sul, o leão mais antigo residente do local, carinhosamente chamado de Jerônimo.

Ele tinha 21 anos e era portador de uma doença renal que avançou nos últimos meses, debilitando a saúde do animal. Em nota, a direção do zoológico lamentou a morte do leão.

“É com muita tristeza e dor no coração que a equipe do Parque Zoológico comunica o falecimento do nosso Rei Leão, Jerônimo. Jerônimo chegou ao zoo em 2008 e estava com 21 anos, já era um vovô leão… Jê tinha uma doença renal que avançou muito nos últimos meses, debilitando sua saúde”, disse.

“Gostaríamos de agradecer a todos os funcionários que se dedicaram e fizeram tanto por ele, para oferecer sempre o melhor, dentro de todas as nossas limitações. Nunca é fácil perder um amigo, mas Jerônimo ficará pra sempre nos nossos corações”, finalizou.


Compartilhe: