Mercado de trabalho no RS mostra recuperação parcial

Mercado de trabalho no RS mostra recuperação parcial

Compartilhe:

A taxa de desemprego no Estado caiu de 10,3% para 8,4% no quarto trimestre, o que corresponde a uma queda de 98 mil pessoas no número de desempregados. A informação consta no O Boletim de Trabalho do RS, divulgado nesta quarta-feira (14/4), pelo Departamento de Economia e Estatística (DEE) vinculado à Secretaria de Planejamento, Governança e Gestão (SPGG).

O movimento coincide com a recuperação no período na Taxa de Participação na Força de Trabalho (TPFT), que indica a porcentagem de pessoas em idade de trabalhar (14 anos ou mais) que estão empregadas ou em busca de trabalho, e também no Nível de Ocupação, que é o percentual de pessoas ocupadas em relação às pessoas em idade de trabalhar.

Os dados da primeira seção do Boletim mostram que no quarto trimestre do ano passado a TPFT chegou a 58,6%, contra 57,5% do trimestre anterior, e o Nível de Ocupação passou de 51,5% para 53,7%.

O estudo também trouxe dados sobre os ocupados por posição e categorias do emprego durante a pandemia de Covid-19 em 2020. Ao todo, o número de ocupados registrou uma redução de 506 mil pessoas no Rio Grande do Sul na comparação do quarto trimestre de 2020 com o mesmo período do ano anterior.

As maiores perdas no ano passado ocorreram nas modalidades mais vulneráveis do mercado de trabalho, como os empregados sem carteira no setor privado (-28,3%), trabalhadores domésticos sem carteira (-17,4%), trabalhadores por conta própria sem CNPJ (-11,9%) e os empregadores sem CNPJ (-46,5%).

 

 

 


Compartilhe: