No reencontro com o Lanús, Grêmio vence e é líder no Grupo H da Sul-Americana

Foi lá, em La Fortaleza, onde, contra o mesmo Lanús, o Tricolor sagrou-se tri-campeão da América em 2017

Compartilhe:

No jogo que marcou a volta do Grêmio ao estádio La Fortaleza, na Argentina, o Grêmio venceu o Lanús por 2 a 1 pela segunda rodada da fase de grupos da Sul-Americana. Foi lá onde, contra o mesmo Lanús, o Tricolor sagrou-se tri-campeão da América em 2017.

A partida teve também a estreia internacional do novo treinador a frente do Tricolor. Nunes já foi campeão desta competição pelo Athletico, em 2018. Esse foi o segundo jogo no comando de Tiago Nunes. Ele estreou contra o Ypiranga, no Gaúcho, jogo que terminou com vitória Tricolor por 3 a 2.

Outra novidade estava na defesa. Após 95 dias parado por lesão no tornozelo esquerdo, o zagueiro e líder do grupo gremista, Pedro Geromel, voltou a campo na partida de hoje.

O Grêmio saiu na frente aos 33 minutos, com Léo Pereira, após um belo contra-ataque puxado por Ferreira pela esquerda. O meia-atacante arrancou e, nas proximidades da área cruzou por baixo para Léo Pereira tocar para as redes de Morales.

O Lanús empatou no segundo tempo, aos 24, com Belmonte. Mas aos 40, Ferreira aparece de novo, dessa vez para marcar. Após bela troca de passes pela direita, a bola chega em Thiago Santos que, de costas, ajeita para Ferreira chutar e recolocar o Grêmio na frente.

Situação e próximos jogos

Com o resultado, o Grêmio vai a 6 pontos e é líder na tabela de classificação do Grupo H da Sul-Americana. O próximo jogo do Tricolor é domingo (2) pelo Gauchão. O Grêmio vai a Caxias do Sul enfrentar o Caxias, no estádio Centenário, pelo jogo de ida das semifinais da competição regional.

Pela Sul-Americana, o Tricolor joga na próxima quinta-feira (6), contra o Aragua-VEN. A partida será realizada na Arena, às 19h15.

Ficha técnica

Lanús

Morales; José Gómez (Aguirre), Thaller, Burdisso e Aude (Alexis Pérez); Belmonte, Facundo Pérez (Orsini), Esquivel (Quignón), De la Vega e Bernabéi; Sand

Técnico: Luis Zubeldía

Grêmio

Brenno; Rafinha, Pedro Geromel, Ruan e Bruno Cortez; Thiago Santos, Matheus Henrique (Lucas Silva) e Jean Pyerre (Maicon); Léo Pereira (Luiz Fernando), Diego Souza (Churín) e Ferreira

Técnico: Tiago Nunes


Compartilhe: