Rio Grande do Sul registra 502 mortos por covid-19 em 24h e bate novo recorde

Compartilhe:

O Rio Grande do Sul registrou 502 mortos com diagnóstico de Covid-19 (coronavírus) em 24 horas. Os dados são oficiais da SES/RS (Secretaria Estadual da Saúde). O número de óbitos informados à SES é o maior já registrado no Estado desde o início da pandemia, em março de 2020.

Número de mortes registradas hoje é duas vezes maior que na tragédia da boate Kiss, em Santa Maria, em 2013. Naquela ocasião, foram 245 óbitos.

Nesta terça-feira, o total de mortes causadas pela Covid-19 chegou a 15.606, enquanto no dia anterior eram 15.104 óbitos. O recorde anterior havia sido registrado no sábado da semana passada, com 331 mortos no mesmo período de 24 horas.

Segundo a SES, a terça-feira acumula dados do fim de semana, o que contribui para os índices mais altos. Entre os óbitos hoje divulgados, 472 ocorreram nos últimos 10 dias. Os demais 30 são de datas anteriores e agora tiveram as notificações completadas.

Porto Alegre é a cidade com mais mortes registradas nesta terça-feira. Oitenta e dois moradores da cidade perderam a vida por causa da Covid-19. Logo a seguir no ranking vem Alvorada (27 mortes informadas à SES), Gravataí (18), Novo Hamurgo e Caxias do Sul (15) e Sapucaia do Sul (12).

Foram divulgados, nesta terça-feira, mais 9.767 testes positivos para Covid-19 no Rio Grande do Sul. O total de pessoas que tiveram a doença é de 754.175.

A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 107,8%, ou seja, em situação de colapso. São 3.433 pacientes necessitando de suporte avançado em 3.186 leitos de UTI.

O país registrou, às 18h, 2.842 mortos com diagnóstico da doença no período de 24 horas. O dado foi divulgado pelo Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde). Sem os dados do Rio Grande do Sul, o número é de 2.340.


Compartilhe: