No primeiro esboço de Ramírez, Inter supera Ypiranga no Beira-Rio

Compartilhe:

O Internacional venceu por 4 a 2 o Ypiranga no Beira-Rio na noite deste domingo pelo Campeonato Gaúcho. Na partida, o Colorado pode ver o primeiro ensaio do que será o time do novo treinador Miguel Ángel Ramírez. No jogo de hoje, o espanhol não pode ficar à beira do campo porque seu nome ainda não consta no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF.

Mas o treinador estava na arquibancada, de onde deu instruções aos auxiliares durante toda a partida. Chegou a extrapolar, inclusive. Em alguns momentos, entrou em campo, o que não era permitido, e conversou de perto com Osmar Loss e o outro auxiliar Martín Anselmi.

O esquema foi o 4-3-3, o mesmo do último jogo contra o São Luiz na rodada passada. A novidade foi a inclusão de alguns jogadores considerados titulares, além de algumas figuras repetidas, e contestadas, da temporada 2020.  Além de Danilo, entre as decisões de Ramírez que chamaram a atenção, estavam a opção por Rodinei e Zé Gabriel na abertura da defesa; Edenílson como primeiro homem do meio, com Praxedes e Nonato nas demais posições; e Marcos Guilherme e Peglow nas pontas.

A proposta era apertar a marcação e criar chances tocando a bola no campo do adversário, sempre evitando chutões desde a saída de bola com Danilo Fernandes, escolhido como titular.

Nos primeiros minutos deu resultado. O Inter conseguiu encaixotar o Ypiranga e abriu o placar logo aos 5 minutos em um belo gol de Yuri Alberto. Ele dominou um passe dentro da área já ajeitando para a perna direita e concluindo para o gol.

Mas depois, o Inter deu uma relaxada, não conseguiu manter o mesmo ritmo. Até que nos minutos finais da primeira etapa, no segundo erro seguido de saída de bola do Inter, o Ypiranga chegou ao empate. Aos 43, Rodinei errou a saída, Mossoró acionou Cristiano, que fez o gol.

Na etapa final, Ypiranga virou o jogo logo aos 4 minutos. O erro dessa vez foi de Nonato. A bola foi parar de novo em Mossoró, que invadiu a área e sofreu o pênalti. Caprini cobrou e colocou a equipe de Erechim na frente.

O gol obrigou o Inter a mexer. Entraram alguns titulares. Patrick e Caio Vidal. Lindoso também entrou para dar mais sustentação defensiva. 

O empate viria aos 19. Edenílson cobrou escanteio e Zé Gabriel fez de cabeça.

Depois foi a vez de Galhardo e Paolo Guerrero, que voltou após um longo período se recuperando de grave lesão no joelho. 

A virada do Inter veio aos 43, em mais um pênalti na partida. Edenílson cobrou com classe e colocou o Colorado à frente.

Nos acréscimos ainda houve tempo para um gol de Patrick, em jogada de Rodinei.

Situação e próximos jogos

Com a ida de Ramírez ao campo, fica dúvida quanto a uma possível punição. Se não vier, a expectativa é de estreia do técnico na casamata nos próximos jogos.

O Inter é agora 3º colocado no Gauchão com 7 pontos. A próxima partida é contra o Novo Hamburgo no Estádio do Vale. A partida será realizada domingo que vem, às 16h.

Ficha técnica

Internacional

Danilo Fernandes; Rodinei, Zé Gabriel, Victor Cuesta e Moisés; Edenílson, Nonato (Rodrigo Lindoso) e Praxedes (Paolo Guerrero); Marcos Guilherme (Caio), Yuri Alberto (Thiago Galhardo) e Peglow (Patrick);

Técnico: Martín Anselmi.

Ypiranga

Deivity; Muriel, Reinaldo Dutra, Patrick (Luís Eduardo) e Zé Mário (Jonathan); Mikael, Clayton (Revson) e Mossoró; Caprini (Quirino), Jean Silva e Cristiano (Dija Baiano)

Técnico: Júnior Rocha


Compartilhe: