Formação de ciclone provoca risco de novos temporais no Rio Grande do Sul

O sistema deve dar origem a áreas de instabilidade e uma frente fria. Há risco de tempestades em todo o Estado nesta quarta.

Compartilhe:

O Rio Grande do Sul tem novos alertas de temporal nesta quarta-feira (3), assim como o que atingiu Gravataí e Viamão ontem, causando estragos. O motivo é a formação de um ciclone extratropical próximo à costa do Rio Grande do Sul. O sistema deve dar origem a áreas de instabilidade e uma frente fria, o que deve aplacar um pouco as máximas nos próximos dias no Estado.

Para esta quarta-feira, o CPTEC (Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos) prevê condições favoráveis para chuvas intensas, com raios, rajadas de vento e eventual queda de granizo. Todo o território gaúcho está em observação, pela possibilidade da ocorrência desses fenômenos meteorológicos. O CPTEC destaca as chances para volumes expressivos de chuva pontuais e de forma mais generalizada em áreas do Estado.

O INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), também emitiu uma advertência para temporais no Rio Grande do Sul. O órgão alerta para a possibilidade de chuvas intensas, de até 100 milímetros em alguns pontos. Também há risco para ventania, que pode ser de 60 a 100 quilômetros por hora.

O ciclone extratropical deve começar a se formar nesta quarta-feira. Mas seus efeitos serão sentidos com maior intensidade na quinta-feira, afirmam os meteorologistas.


Compartilhe: