“A vantagem é pequena”, ressalta Renato Gaúcho após Grêmio perder para o Palmeiras

A definição do título da competição fica para a partida de volta, dia 7 de março no Allianz Parque, na cidade de São Paulo.

Compartilhe:

O Grêmio largou em desvantagem na finais da Copa do Brasil. Atuando na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, o Tricolor gaúcho acabou sendo superado pelo placar de 1 a 0 pelo Palmeiras, com gol de Gustavo Gomez.

Foi justamente na marcação foi onde o Grêmio pecou. Aos 31 minutos do primeiro tempo, Raphael Veiga cobrou escanteio e Gustavo Gómez entrou completamente livre para cabecear livre e sem chances para Paulo Victor.

A definição do título da competição fica para a partida de volta, dia 7 de março no Allianz Parque, na cidade de São Paulo.

Sem gol qualificado, qualquer vitória gremista por 1 a 0 leva a decisão para os pênaltis e uma vantagem de dois gols sela a conquista.

Coletiva

Após o jogo, o técnico Renato Gaúcho comentou e respondeu as perguntas sobre o jogo. Para o treinador do Grêmio, a vantagem do Palmeiras é pequena.

“Eles acharam um gol de bola parada, quando nossa equipe estava melhor no jogo. A vantagem é pequena e vamos continuar trabalhando essa semana pra chegar no jogo de volta e, aproveitando que não tem gol qualificado, um gol ainda nos bota na briga”, disse.

“Decisão é assim. O que não pode é errar. A gente deu mole no gol do Palmeiras e, infelizmente, por causa de um detalhezinho, a gente perdeu o jogo”, completou.

Escalação

Grêmio: Paulo Victor; Victor Ferraz (Churín), Paulo Miranda (Thaciano), Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Maicon (Ferreira), Jean Pyerre (Isaque), Alisson (Vanderson) e Pepê; Diego Souza.
Técnico: Renato Gaúcho.

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Matías Viña; Felipe Melo, Zé Raphael (Danilo) e Raphael Veiga (Gabriel Menino); Wesley (Alan Empereur), Rony (Mike) e Luiz Adriano (Gabriel Verón).
Técnico: Abel Ferreira.


Compartilhe: