Homem morre após carro sair da pista e capotar em disputa de “racha” na FreeWay

O veículo que ele estava saiu da pista, bateu em um guard-rail e capotou. O motorista de um Camaro, que pode ter contribuído para o acidente, foi detido.

Compartilhe:

Um homem morreu, na manhã deste sábado (30), em um acidente na BR-290, a FreeWay, em Porto Alegre. O veículo que ele estava saiu da pista, bateu em um guard-rail e capotou enquanto participava de um “racha”. O motorista de um Camaro, que estaria participando da corrida ilegal, foi detido.

A saída de pista ocorreu no quilômetro 88 da rodovia, próximo a um pontilhão sobre um canal. O local fica a dois quilômetros após o acesso para a avenida Assis Brasil. O acidente ocorreu no sentido Litoral-Capital por volta das 9h da manhã.

Conforme a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o condutor de um Chevrolet Corsa – de cor prata e placas de Canoas – e de um Camaro, de cor preta e emplacado também em Canoas, participavam de um “racha”. A situação foi relatada por diversos motoristas à polícia rodoviária pelo telefone 191.

Em determinado momento da corrida ilegal, o Camaro teria atravessado a frente do motorista do Corsa, que perdeu o controle e saiu da pista. O carro atingiu um guard-rail e capotou várias vezes, parando sobre o aterro da rodovia. O condutor do veículo, de 27 anos, morreu no local. A PRF não divulgou a identidade da vítima.

Duas faixas foram bloqueadas no sentido Litoral-Capital da BR-290/FreeWay. O tráfego foi liberado por volta do meio-dia. O Corsa foi encaminhado a um depósito e, depois, deve ser periciado.

Motorista envolvido no racha é detido

O motorista de um Camaro foi detido pela PRF próximo ao posto da corporação no quilômetro 92 da rodovia. Ao ser abordado, o condutor 21 anos, de Gravataí, que não era habilitado, estava muito nervoso e tremendo. Indagado pelos policiais, o jovem inicialmente deu informações desconexas sobre os fatos.

O condutor foi encaminhado ao Palácio da Polícia, no bairro Santana, em Porto Alegre, onde foi enquadrado por homicídio culposo e fuga do local do acidente. Ele foi submetido ao teste do bafômetro, que deu negativo. O motorista ainda está sendo ouvido no Palácio da Polícia.


Compartilhe: