Vereador de Cachoeirinha é preso em ação que apreendeu 800 quilos de maconha

Compartilhe:

Uma ação do Denarc (Departamento Estadual de Investigações do Narcotráfico), órgão da Polícia Civil, resultou em uma grande apreensão de drogas na tarde de ontem (3). Conforme a polícia, 800 quilos de maconha foram apreendidos em dois locais. Um laboratório para refino de cocaína também foi fechado. A ação resultou em três presos, dentre eles um vereador de Cachoeirinha.

A ação começou com o monitoramento de um local que seria usado para depósito de drogas no bairro Jardim do Bosque. Os agentes realizaram a abordagem a um veículo que chegava ao local.

Durante a ação, o vereador Manoel d’Ávila, de 51 anos, foi preso em uma casa dentro do terreno que era usado como depósito da droga. Os entorpecentes estavam em um pavilhão. Ávila negou ter conhecimento da droga e afirmou aos agentes que estava na casa onde ocorreu a abordagem para tratar da construção de um centro beneficente.

De acordo com a polícia, foi apreendido um revólver com numeração raspada. A arma estaria dentro da residência. Dentro do carro do parlamentar, foram apreendidas munições e porções de maconha. Em um primeiro momento, o vereador negou que o veículo fosse dele, mas depois acabou confessando que o carro lhe pertencia.

A defesa de Ávila não se pronunciou até o momento.

Mais drogas apreendidas em Porto Alegre

Ainda nesta ação da Polícia Civil, outros 200 quilos de maconha foram apreendidos. A droga estava em uma residência no bairro Medianeira, em Porto Alegre. Durante a varredura no local, um indivíduo ingressou no imóvel, sendo detido e preso em flagrante.

Em seguida, os policiais se deslocaram a um segundo imóvel, no bairro Cascata, no qual também se tinha conhecimento de que poderia ser o depósito de cocaína e crack. Ao chegarem no local, localizaram 6,5 kg de cocaína, 2,5 kg de crack, 142 kg de insumos, balanças de precisão e duas armas de fogo. Na ação ainda foi apreendido um veículo Renault Logan.


Compartilhe: